Vevo — Pop Video Weekly | This Week’s Biggest Hits Ep. 75 (Vevo)

Vevo — Pop Video Weekly | This Week’s Biggest Hits Ep. 75 (Vevo)



Demi Lovato, John Legend, and Karol G all had a big week. See who else made episode 75 of Pop Video Weekly. Subscribe to the Vevo channel for constant music video updates. Share with a pal. August 27, 2022.

Executive Producer: Micah Bickham
Design + Animation: Sydney Emery
Post Producer: Dominic Siri
Producers: Jim Macnie + Devon Sheridan
Editor: Kevin Rose

Vevo

Hear the latest tracks on Vevo in New Music Friday:

Watch videos in our Brand New Pop playlist:

Find your next favorite rapper in our DSCVR Hip-Hop playlist:

#DemiLovato #JohnLegend #KarolG

8 комментариев

Whoever's reading this, i pray that whatever you're going through gets better and whatever you're struggling with or worrying about is going to be fine and that everyone has a fantastic day! Amen

❤😀😃😄😁😆😅🤣😂🙂🙃😉😊😇🥰😍🤩😘🤗🤭😥😢😭😺😸😻😽💌💘💝💖💗💓💞💕💟❣🧡Wonderful and amazing and mashallah and subhanallah

A ESQUERDA É UNIDA?
A Direita é liderada pelas oligarquias e sua metodologia. O método das oligarquias brasileiras e internacional é focar naquilo que todos eles aprovam e têm em comum. Esta foi à metodologia de grandes autores. José Ortega y Gasset dizia que as massas não são grupos uniformes, mas grupos que notaram os seus “pontos de convergências”. Nenhuma pessoa ou nenhum grupo social, político, jurídicos, jornalístico, ideológico é formado por uma só cosmovisão. Todas as pessoas e grupos têm suas mentalidades que vão evoluindo ou regredindo ao longo do tempo. Oswaldo Monte Negro deixava claro na música “A lista”. Ele enfatizava que muitas coisas que eram preciosas no passado algumas continuam preciosas, outras foram esquecidas, outras foram relativizadas. Essa dinâmica da vida mostra que o ser humano está sempre em evolução ou regressão ao longo de sua existência.
Georg Hans Gadamer sugeria a “fusão dos horizontes”. Essa tese advogava que cada indivíduo ou grupo pudesse percorrer o caminho ou processo que desejasse segundo determinados parâmetros civilizatórios e que o importante é chegar ao mesmo final ou objetivo ou na “fusão de horizontes”. Essa dinâmica é usada de maneira majestosa pela Direita. Ela quer eleger Bolsonaro e usa a estratégia de dar importância e voz a todos os atores sociais, políticos, ideológicos que faz alguma coisa para alcançar este fim idealizado por todos. Assim, ocorrem com as mensagens, vídeos, reportagens, fake news, discursos políticos, manifestações políticas e outras que visam alcançar o objetivo de popularizar o seu candidato.
Zygmunt Bauman defendia o “diálogo permanente e ininterrupto”, para que estes atores sociais tão diferentes e com objetivos tão distantes possam achar aquilo que é melhor para todos em cada momento da vida e da história. Este mecanismo é usado pela Direita também para criar uma cosmovisão única e consolidada da realidade. Eles fazem desse “diálogo permanente e ininterrupto” uma “arma de fogo” letal contra os seus adversários.
A estudante e youtuber Laura Sabino foi vítima de uma fake news da Direita. Ela postou uma foto com o Lula e os bolsonaristas colocaram o rosto de Susana von Richthofen no lugar dela abraçado com Lula. Essa Susana matou os pais como consequência de drogas, conflitos, namoros, ganância por riquezas materiais e problemas de saúde emocional. O que é importante salientar é que a Direita divulgou esta armação política e ideológica para enganar e amedrontar os eleitores de Bolsonaro a não votar em Lula. Dessa maneira, a Direita divulgou com maestria estas e muitas outras mensagens mentirosas e criminosas. Isso não tira a possibilidade de qualquer político de Direita ou de Esquerda pousar com algum criminos@ em uma atividade política. Nenhum político puxa a “ficha suja” da pessoa como pré-requisito para tirar uma foto. Todos os políticos estão sujeitos a tirar foto com criminosos.
Pierre Bourdieu e Jessé de Souza já alertaram que todas as pessoas e grupos sociais têm suas divergências. O importante aqui é elucidar que o “progressismo neoliberal” (Nancy Fraser), o “identitarismo”, o “lugar de fala” (Djamila Ribeiro) e até as subdivisões dos trabalhadores entre empregados e marginalizados podem ser usados pela Direita como meio para separar alguns da Esquerda e coloca-los na Direita e a Esquerda se dividir internamente. Dessa maneira, a Esquerda precisa manter as suas várias “cores” sem cessar o “diálogo” para formar um “corpo” coeso e focado em determinadas pautas comuns.
SÉRGIO DE SOUZA NERES
sergiocssn@yahoo.com.br
CV: http://lattes.cnpq.br/2903651184076330
Blog: https://draft.blogger.com/blog/pages/51760664007557877
GOIÂNIA – GOIÁS
29/04/2022

Комментирование закрыто.